Localizar Usuário por IP

Revisão de 13h42min de 19 de abril de 2021 por Paulo Fernando Vedovatto (discussão | contribs)
(dif) ← Edição anterior | Revisão atual (dif) | Versão posterior → (dif)

Quando o cliente abre a janela do provedor de banda larga para entrar no modo online, milhares de números e valores mantêm o acesso do cliente na rede. Cada dispositivo que vem a fazer parte da rede deve possuir um endereço único, o chamado “número” IP (Internet Protocol).

Para tal, foi especificado um padrão chamado IPv4, que permitia a combinação de aproximadamente 4.3 bilhões de variações diferentes vinculando o cliente a rede. Na época que essa quantidade de protocolos foi especificada, atingir esse número parecia impossível. Mas surgiram os smartphones, equipamentos inteligentes como Tvs Smarts, consoles e outros objetos utilizados dentro das empresas. Alcançando o número estipulado.

Para solução desse problema, criou-se o padrão IPv6, que oferece um limite de 340 trilhões de variações de números para formação dos protocolos. Até a imigração do IPv4 para o IPv6, uma medida paliativa foi criada, a qual chamamos de CGNAT (Carrier Grade Network Address Translation ) uma solução a quais os provedores de internet puderam utilizar para a compartilhar os escassos endereços IPv4 entre diferentes consumidores.

Antes da crise, existiam dois tipos de consumidores: aqueles com um IP dinâmico, que recebiam um endereço para seus dispositivos a cada conexão, e aqueles com um IP fixo, que possuíam planos diferenciados, mas tinham sempre o mesmo endereço IP. A semelhança entre os dois tipos de clientes é que ambos contavam com um IP único, exclusivo, para identificação e conexão.

Com o surgimento do CGNAT, o provedor de acesso pode atribuir o mesmo endereço IP para diferentes usuários ao mesmo tempo, direcionando-os através de portas diferentes.

Partilhamento ipv4.png

Localizar IP

Esses números de protocolo atrelados ao acesso do cliente são públicos. Assim em situações de infração por parte daquele protocolo de acesso (cliente), poderá ser rastreado através do cadastro do cliente a qual o número do IPv4 ou IPv6 pertence .

Localizar IP CGNAT

Os IP IPv4 público utilizado pela Provedora de Internet é compartilhado em vários IP privados (clientes). Através das portas de compartilhamento e do cadastro atrelado ao IP privado que as informações sobre o cliente, quando for necessária poderão ser encontradas.

Deepin Screenshot selecionar área 20201113170932.png


Dentro do IXC, existem vários tipos de busca. Um deles é através do ipv4 (Atualmente o IXC ainda não faz a busca por ipv6). Como na imagem acima.

Você pode também pesquisar pelo ip através do menu Provedor > Login. Altere o tipo de busca para "ipv4" e insira o ip.

Deepin Screenshot selecionar área 20201113171026.png

Essa pesquisa pode ser feita quando o cliente trabalha com ip fixo ou não, caso ele tenha o ip preenchido no cadastro do cliente ele irá retornar essa informação.

-

Voltar ao menu Provedor